O que aconteceu com a gente?

Acho que essa é a pergunta certa. Porque depois de tanto tempo pensando sobre isso, não acho que exista um único culpado. Embora, por um tempo eu tenha culpado você. Mas eu acho que também tenho culpa. Não acho que fui uma boa amiga muitas vezes.

Mas mesmo assim, eu me importava com você. Podia não parecer, mas você era meu melhor amigo. Você foi o meu primeiro melhor amigo. Eu adorava ficar ouvindo você falar da sua vida, das suas paixões. Eu realmente não me importava de ficar ouvindo. Mas esse é o problema, eu ouvia demais e falava de menos. Acho que isso me fez parecer indiferente.

E eu realmente acho que você me considerava sua amiga, afinal, você falava muito comigo.

Eu só queria entender por quê a gente deixou isso acontecer. Porque não insistimos? Por que não lutamos pelo que tínhamos? Por que fomos deixando a vida e as situações nos separarem?

Quatro anos se passaram e às vezes isso é tudo o que eu penso quando acordo até a hora de ir dormir. Eu fico me perguntando se você fez as coisas que queria fazer, como está a sua vida. Eu queria ainda fazer parte dela. Há momentos que eu gostaria de ter compartilhado com você.

E eu espero um dia poder te ver de novo e te dizer isso pessoalmente. Porque eu me importava e ainda me importo com você.

Eu sinto sua falta.

Por: Fernanda Cipriano.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s