Novo velho sentimento

Poppy Flower Watercolor by Boogiemanu on deviantART:

“Eu deveria começar esse texto te agradecendo, porque mesmo sem saber, você despertou uma parte adormecida de mim, um lado meu que eu sentia falta. Então muito obrigada!
Muito obrigada por me acordar, por fazer eu me sentir viva, por proporcionar sensações que eu não tinha mais ideia de quando ia sentir novamente.

Eu me sinto uma adolescente com você. E embora muitas pessoas possam achar que isso é uma coisa negativa, eu considero positiva, sabe por quê?

Porque eu me sinto insegura, ansiosa, boba, animada, inspirada, com medo do futuro, mas louca para arriscar tudo, atrevida, as cores ficam mais vibrantes. A maior parte disso tudo pode ser ruim, mas também é um dos motivos que fazem eu me sentir viva, com o mundo aos meus pés esperando por mais um passo meu.

Com você tudo é novo, com você eu tenho amizade, diversão, aprendizagem, gentileza. Você se interessa pelos meus assuntos, pela minha vida, você demonstra sentimentos e eu adoro isso. O mundo anda cheio de pessoas frias, que não gostam de mostrar o que estão sentindo, seja por medo ou orgulho, quando na verdade tudo o que precisamos é nos preencher e preencher o outro de amor.

Adoro saber sobre o seu dia, sobre as coisas que você gosta, adoro quando você me conta o que está fazendo, e o que acontece no seu jogo de vídeo game, adoro quando você me manda fotos do que está comendo ou de onde está. Faz eu me sentir mais perto de você.

Queria que a distância não fosse tão longa, queria poder pegar um ônibus (no caso um avião) agora e te ver, te abraçar e passar o dia inteiro conversando pessoalmente com você.

Eu não sei aonde tudo isso vai dar, minha mente anda planejando cenas dignas de filmes de romance ganhadores do Oscar, porque o que eu vou dizer agora pode soar bem clichê, mas é verdade: “Você é o meu primeiro pensamento quando acordo e o último quando vou dormir.”

Mas se nada do que a minha mente está criando acontecer, tudo bem, já sou muito feliz por ter te conhecido e por estarmos fazendo parte da vida um do outro. Espero te encontrar logo!”

  • Fernanda Cipriano

Sabe aquele momento?

Sabe aquele momento?

Sabe aquele momento? Aquele que é tão precioso, único e frágil como uma bolha de sabão, que por mais que você saiba que só vai durar segundos, você quer que dure horas.
Aquele momento em que você olha para uma flor e realmente a enxerga, com toda a sua beleza, simplicidade e pureza.
O momento em que em meio a tantos pensamentos carregando os problemas do dia a dia, por um instante você para para respirar, e pela sua janela olha para o céu. Ele está com aquele tom de azul claro dos dias de verão, as nuvens brancas como algodão, pássaros voam para lá e para cá em uma dança divertida, e você se lembra de quando era criança e tentava adivinhar qual formato tinham as nuvens.
Uma baleia, um navio, um cachorro. E aquela imagem parece como a pintura mais bonita de um artista.
Ou ainda aquele momento em que você está sentado em um lugar apenas deixando a hora passar, e você vê aquela pessoa que admira de longe todos os dias, e ela senta a uma certa distância de você, nesse exato momento você sorri por dentro.
Você está com os fones de ouvido e está tocando uma música que você gosta, e por mais que ela não tenha nada a ver com o momento, ele deixa ele especial. É como a trilha sonora de uma comédia romântica.
E mesmo que não esteja acontecendo nada, mesmo que vocês mal tenham se olhado e que cada um esteja vivendo no mundo particular de suas mentes, ainda assim significa algo. Porque é o momento em que você toma consciência de quem tem outra alma ao seu lado, e talvez pela primeira vez no dia, você se interessa pelos pensamentos de outra pessoa.
Momentos que aparentemente não são nada, mas que trazem tudo.
E em meio a tantas confusões, tanto cansaço, tanto desejo de estar em outro lugar, são esses momentos que fazem eu me sentir completa.

– Fernanda Cipriano.